Lágrimas Dos Deuses Que Não Somos

Latest Articles

quinta-feira, agosto 18, 2016



Epa Babá!

A Primeira Ronda
é doce benção
de doces águas
ao Grande Lar!

Epa Babá!

A Segunda Ronda
é doce benção
de doces águas
ao Grande Ser!

Epa Babá!

A Terceira Ronda
é doce benção
de doces águas
ao Grande Coração!

Epa Babá!

A Quarta Ronda
é doce benção
de doces águas
à Grande União!

Epa Babá!

A Quinta Ronda
é doce benção
de doces águas
ao Grande Interior!

Epa Babá!

A Sexta Ronda
é doce benção
de doces águas
ao Grande Reino!

Epa Babá!

A Sétima Ronda
é doce benção
de doces águas
à Grandeza Da Criação!

Epa Babá!

Oxalufã Ronda,
balança o paxorô,
docemente fecundando
terras que lhe rendem louvor!

Epa Babá!

Epa Babá!

Epa Babá!

Epa Babá!

Epa Babá!

Epa Babá!

Epa Babá!

Epa Babá!

Epa Babá!

Inominável Ser
DOCEMENTE NADANDO
NAS ÁGUAS
DE OXALUFÃ




Continue reading

quinta-feira, agosto 11, 2016



Na,
Mãe Primeira,
Primeira Das Águas, 
Primeira Das Ondas,
Primeira Das Marés!

Na,
Ó,
Na,
Avó minha,
Avó de todos!

Oxalá te oferece
presentes dos firmamentos,
Oxum te oferece
o suave cântico
das cachoeiras!

Ogum te oferece
brados de imortal alegria,
Iansã te oferece
o brilho da espada
quando a dançar fica!

Xangô te oferece
passos que à Terra estremecem,
Iemanjá te oferece
o brilho mais intenso
da espuma do mar!

Oxóssi te oferece
a flecha mais bela,
Ifá te oferece
o brilho de cada coisa
do porvir!

Exu te oferece
uma dança nas encruzilhadas,
Pombojira te oferece
muitas outras danças
na Calunga Pequena
e nas beiradas das praias!

Obaluaiyê te oferece
a beleza das ervas terrestres,
Omulu te oferece
as honrarias de todos
que atravessaram os Umbrais!

Oxumarê te oferece
a festiba aura do arco-irís,
Oyá te oferece
as lágrimas que formam
novos rios de Axé!

E Olorum,
O Pai Maior,
te oferece 
O Amor
dos Antigos,
dos Novos
e dos que ainda serão
Órixas,
Nanã Buruku,
Avó Suprema,
Avó Eterna!

A benção,
Na!

Salubá!

Salubá!

Salubá!

Salubá!

Salubá!

Salubá!

Salubá!

Salubá!

Inominável Ser
PEDINDO A BENÇÃO
À VOVÓ NANÃ




Continue reading

quarta-feira, agosto 03, 2016


Enyo - GENZOMAN


Nos Brados De Enyo,
A Fúria irrompendo 
Pelos mais sangrentos
Campos de batalha.

Nos Brados De Enyo,
A Morte sorrindo
Como Senhora Absoluta
De Todas As Armas.

Nos Brados De Enyo,
Todas as almas
Em combate
Clamam apenas por sangue.

Nos Brados De Enyo,
Toda Vida foge,
O aço domina a paisagem,
Cadáveres amontoam-se.

Nos Brados De Enyo,
Os sobreviventes bebem
O sangue
De derrotados guerreiros.

Nos Brados De Enyo,
Guerreiros que onten
Venceram
Partem para outras guerras.

Nos Brados De Enyo,
Novos mortos
Entre os que ouviam
Seus Chamados.

Nos Brados De Enyo,
O sangue correu Ontem,
O sangue corre Hoje,
O sangue corretá Amanhã.

Nos Brados De Enyo,
Sangue É  A Razão,
Sangue É A Solução,
Sangue É A Ação.

Nos Brados De Enyo,
Toda guerra é salvadora,
Toda guerra é gloriosa,
Toda guerra é libertadora.

Nos Brados De Enyo,
Brados que ouço perto,
Brados que ouço longe,
Tudo é derramamento

DE SANGUE!!!

E Ares sorri triunfante.

E cidades choram ensanguentadas.

Inominável Ser
OUVINDO OS BRADOS
DE UMA
DEUSA DA GUERRA





Continue reading

quarta-feira, julho 06, 2016



Há Deuses ecoando
dentro da corrente
que forma nossos
sonhos perfeitos
nas marés mais ondulantes
do Grande Mar.

Há Deuses oscilando
entre mundos estranhos
e vociferando Nomes
que sempre estarão
acima das estações.

Há Deuses viajando
como pássaros inundantes
em fogueiras acesas
dentro dos pinheiros
que cantam distantes.

Há Deuses como Pan,
Há Deusas como Eris,
Há Deuses como Eros,
Há Deusas como Lilith,
Há Deusas como Afrodite!

Há Deuses como Apolo,
Há Deuses como Hermes,
Há Deuses como Anúbis,
Há Deuses como Toth,
Há Deuses como Rá!

Deuses com tochas acesas
contra o ocaso,
contra o danoso,
contra o tempo
que é a favor do mínimo!

São Deuses sem tempos,
São Deuses sem horas,
cada Um Sendo
A Afirmação Maior
Cósmica!

Deuses sem pátria,
Deuses sem asas,
Deuses sem mãos,
Deuses dentro de nós,
Ainda Não-Deuses Reais!

SEJAMOS DEUSES,
SEJAMOS REAIS,
SEJAMOS SIMPLES,
SEJAMOS AUGUSTOS,
SEJAMOS O QUE
DEVEMOS SER
NAS ALVORADAS
E NOS CREPÚSCULOS
DO NOSSO
ALVORECER
E ANOITECER!!!

Inominável Ser
TENTANDO SER
UM DEUS





Continue reading

terça-feira, maio 24, 2016



Um Sopro Move
O Cântico Solar,
É Rá Nascendo
No Terrestre Horizonte!

Um Pássaro Voa,
Imortal Fênix Eterna,
É Rá Das Cinzas
Trazendo O Resplandecer!

Olhai Para O Sol,
Mortais,
É Rá Batizando,
É Rá Coroando!

Olhai Para O Sol,
Mortais,
É Rá Vibrando,
É Rá Atuando!

Olhai Para O Sol,
Mortais,
É Rá Caminhando,
É Rá Indicando!

Indicando O Caminho
Solar,
Rá Indica
A Estrada Solar!

Estrada Infinita
Sem Par,
Rá Rege
Cada Passo Solar!

Passos Gerando
Toda Dádiva Solar,
Rá Abençoante
No Disco Solar!

Nos nossos
Corações,
O Sol!

Nas nossas
Almas,
O Sol!

Nas nossas
Mentes,
O Sol!

Em nossos
Corpos,
O Sol!

NÓS SOMOS RÁ!!!

NÓS SOMOS RÁ!!!

NÓS SOMOS RÁ!!!

NÓS SOMOS RÁ!!!

NÓS SOMOS RÁ!!!

NÓS SOMOS RÁ!!!

NÓS SOMOS RÁ!!!

NÓS SOMOS RÁ!!!

NÓS SOMOS RÁ!!!

Inominável Ser




Continue reading

terça-feira, maio 03, 2016



Ergo meus braços
Ao Alto,
Em Vossa
Divina Direção!

Deusa Atena, 
Cante Em Mim
A Sua Canção!

Ergo meus olhos
Alcançando A Luz
Do Divino Olhar
Vosso!

Deusa Atena,
Cante Em Todos
Tua Divina Canção!

Ergo meu coração
Ao Eterno Bater
Do Vosso
Divino Coração!

Deusa Atena,
Beijes As Minhas
Lágrimas!

Ergo meus pensamentos
Ao intenso 
Sábio Verbo
Vosso!

Deusa Atena,
Beijes As Lágrimas
De Toda Humanidade!

Ergo minha alma
Ao encontro
Da Eternidade
Da Presença Vossa!

Deusa Atena,
Dai-me A Sabedoria
Da Eterna Compreensão!

Ergo meu
Inominável Ser
Em Direção Ao Vosso
Indescritível Ser!

Deusa Atena,
Dês A Esta Humanidade
A Eterna Compreensão!

A Eterna Compreensão
De Saber
Que A Senhora Está
Dentro De Todo Ser!

A Eterna Compreensão
De Sentir A Senhora 
Sorrir
Dentro De Toda Alma!

A Eterna Compreensão
De Sentir
A Senhora Pulsar
Dentro De Toda Mente!

A Eterna Compreensão
De Sentir
A Senhora Sacudir
Todo Coração!

A Eterna Compreensão,
Deusa Atena,
Para Sabermos Que
A Sabedoria Respira

Dentro

De

Cada

Um

De

Nós

Ainda

Tão

Ignorantes

E

Falhos!

Inominável Ser
NO QUASE CAMINHO
DA
ETERNA COMPREENSÃO




Continue reading

quarta-feira, abril 20, 2016



A Magia Vem Dançando
Na Noite Vasta
E O Silêncio
Das Brumas Eternas
Ressoa Na Floresta!

A Magia Tudo Transforma
E Hoje Eu Quero Dançar
Ao Lado De Pan
E Das Ninfas De Lá!

Dançar Com Pan
E Com A Serpente,
Coroando A Terra
E A Seiva!

Dançar Com Pan
E Com A Loba,
Arrebatando Nuvens
E Destroçando Sombras!

Dançar Com Pan
E Com A Leoa,
Reinando No Trono
Da Natureza!

Dançar Com Pan
E Com O Dragão,
Respirando Junto
Com A Mãe Terra!

Dançar Com Pan
E Com A Donzela
Caçadora,
A Virgem Olimpiana!

Dançar Com Pan
E Contigo,
Humana Irmã,
Humano Irmão!

Dancemos Com Pan,
Nus Como Nascemos,
Nus Como Devemos Viver,
Nus Como Devemos Ser!

Dancemos Com Pan,
Abençoando Nossos Corpos
Com O Fogo
Do Coração Da Mãe Terra!

Dancemos Com Pan
Na Eterna Beltane
Resgatadora De Nossa
Verdadeira Marcha!

IO PAN!!!

IO PAN!!!

IO PAN!!!

IO PAN!!!

IO PAN!!!

IO PAN!!!

IO PAN!!!

IO PAN!!!

IO PAN!!!

Inominável Ser
DANÇANDO
DANÇANDO
DANÇANDO




Continue reading

Panteões Que Aprecio