Deusa Amada Inominável - Canto II


Faceiramente à beira-mar
Ela ergue-se plena
Após banhar-se nas maravilhosas
Águas oceânicas
De puras transcendentais
Cósmicas Sendas

Ela é mais uma
Deusa Amada Inominável
Um ser puro realizado
Um ser puro totalmente
Um ser puro das minhas
Realidades de bardo
Que chora
Que chora
Que chora chora chora chora
Ao ver todas estas
Deusas Amadas Inomináveis
Nas Perfeições Eternas
De Suas Belezas

Falar Delas
É falar de Paz Verdadeira
É falar às Almas Eternas
De todos vós
Humanos amigos
Do Raio Das Verdadeiras
Deusas
Deusas Amadas Inomináveis
A serem
As Musas Dos Bardos
Que Não São Deuses
E Choram

Esta Deusa Amada Inominável
Que neste dia admiro
Possui os dourados alvos pés
Como dourados alvos pés
Que pisam nos
Solos Estelares
Que pisam nos
Solos Solares
Que pisam em
Todas As Habitadas Esferas
Que pisam
Nos chorosos corações dos bardos
Que choram

Os bardos que choram
São os admiradores
Destas Altas Criaturas
E eu estou admirando
A mais uma
Alta Criatura
Uma Deusa que sorri
Para mim também
Outra Deusa que
Para mim sorri
Toda banhada
Pelas Águas Da Criação
A Se Fazerem Canções
Nos Mares E Oceanos
Da Terra

Ela toca em seus
Alvos pés de Deusa Alta
E me convida também
Para tocá-los
Eu os toco
E sigo em viagens
Pelos Oceanos Cósmicos
Sigo em viagens
Ao lado Dela
Dela por quem cantam
As Fadas Inomináveis
Dela por quem cantam
Os Anjos Inomináveis

Ao tocar-Lhe os pés
Eu me torno
O Coroado Deus Dela
Deus apenas por um
Instante de efêmera brevidade
E passo a navegar
Pelas Altas Realidades
Sem choro
Sem lamento
Sem gemido
Sem tormento
Sem nada do meu humano
Langoroso sofrimento

Navego por Othalls

Navego por Teoaols

Navego por Toapells

Navego por Roaieps

Navego por Rtoaps

Navego por Erefoes

Navego por Heredom

Navego por Harmagedon

Navego
Navego
Navego
NAVEGO
NAVEGO
NAVEGO
Por Caminhos Inomináveis
Tocando apenas os pés
De uma
Deusa Amada Inominável

Largo os pés Dela
E A deixo ali
À beira-mar
Sorridente para mim
Toda sorrisos para mim
Após navegar
Por Caminhos Inomináveis
Que apenas vós podeis saber
Quando aprenderem a tocar
Nos pés de
Deusas Amadas Inomináveis

Comentários

Postagens mais visitadas