Ondas E Lágrimas


Ondas e lágrimas,
Como se a triste saga
Das humanas marcas
Dos nossos humanos pés
Pelas humanas estradas
Permitissem que sejamos por elas
Tragados como inocentes,
Tragados como culpados.

Ondas e lágrimas,
A sutileza das coroantes
Vibrações de nossos possantes
Humanos corações feridos,
Feridos qual pássaros em instantes
De vôos baixos
Sob a mira de infinitos caçadores,
Os predadores naturais
Das humanas esperanças
De salvação,
De amor,
De rendição,
De paz.

Ondas e lágrimas,
Ondas de mares transcendentes
Ao Ser nosso humano,
Lágrimas de olhos imanentes
Ao nosso Cair como humanos,
As ondas que crescem
Cadenciando nosso apequenar,
As lágrimas que descem
De olhos cansados
Proporcionando o nosso estagnar,
Estagnar porque tudo podemos ser,
Estagnar porque não somos
Mais do que podemos ser.

Ondas e lágrimas,
Filhos assassinados,
Mães assassinadas,
Pais assassinados,
Guerras nas cidades,
Guerras nos campos,
Mortes de almas,
Mortes de todas as humanas almas
A gritarem por algum socorro
E a receberem a resposta
Em ondas
E em lágrimas de
Vazios em escombros.

Ondas e lágrimas,
Ondas em lágrimas,
Ondas de lágrimas,
Ondas para lágrimas,
Ondas por lágrimas,
Ondas ondas ondas ondas ondas
Do incessante cair
Das humanas lágrimas lágrimas lágrimas
Nos horizontes dos tripulantes
Do Grande Navio Humano Decadente.

Ondas e lágrimas,
Poderes enfraquecedores,
Visões mutilantes,
Tensões constantes,
Verões frios,
Invernos mutilantes,
Outonos traiçoeiros,
Primaveras enganantes,
Os esconderijos de armas
Que mutilam
As humanas almas.

Ondas e lágrimas,
Tufão que pára,
Furacão que inicia,
Tsunami que traga,
Relâmpago que mata,
Trovão que faz adormecer,
Tudo é O Trovão
Na humana nação,
Trovão em ondas,
Trovão em lágrimas,
Trovão que é onda,
Trovão que é as lágrimas.

Ondas e lágrimas,
Trovejantes ondas,
Trovejantes lágrimas,
Início de rumos,
Início de túmulos,
Início de mundos,
Início de muros,
Início de cadeias.

Rumos
De ondas e lágrimas.

Túmulos
De ondas e lágrimas.

Mundos
De ondas e lágrimas.

Muros
De ondas e lágrimas.

Cadeias
De ondas e lágrimas.

Comentários

Postagens mais visitadas