Verdadeiros Caçadores Hoje São Poucos


As Maiores Caçadas

Do Ontem Dourado,

Na Idade De Ouro,

Nas Idades De Ouro,

Findadas no Agora

Com o fim do

Caçador Interno

Que erguia

O Homem.


Diana

Pelos campos,

Diana

Correndo pelos montes

Com os seus cães caçadores,

Diana

Sagrada Deusa

Da Caça

E do povo humilde,

Onde O Homem

Perdeu

O Arco

E

A Flecha

Utilizados na Busca,

Naquela Dourada Busca

Do Alto Dourado?


Diana

Dos Campos Altos,

Diana

Corredora Pelos Montes

Altos

Com Os Cães Sagrados

Da Terra,

Diana

Deusa Alta Caçadora

E Deusa Do Homem

Simples Dourado,

Onde perdeu-se

O Arco,

Onde perdeu-se

A Flecha,

Onde perderam-se

Os Arcos,

Onde perderam-se

As Flechas,

Do Homem Caçador

Das Altas Florestas,

Dos Altos Montes,

Das Altas Cidades?


Deusa Diana,

Longe Vejo

A Vossa Flecha,

Flecha percorrendo

As cidades humanas,

Flecha anunciando

Ao Caçador Do Alto

Que ainda sou,

Aos Caçadores Do Alto

Que ainda neste mundo

Empunham

O Arco,

Empunham

A Flecha,

Que A Vigília

Dos Caçadores

Pela Presa Alta

Ainda Vale Toda

Verdadeira Alta Caçada.


Deusa Diana,

Senhora Do Alto Lar

Dos Caçadores

Que Encontraram

O Alto,

Senhora Da Morada

Dos Caçadores

Altos,

O Verdadeiro Amor

Da Caça Ao Alto

Fazia aos

Que aqui eram Deuses,

Aos que aqui eram

Quase Deuses,

Nas Idades De Ouro,

Semelhantes Às

Altas Florestas

Que Se Manifestavam

Nos Semblantes

De Todos

Eles no Caçar.


Deusa Diana,

O Arco,

A Flecha,

A Senhora Sabe,

Tenho-Os

Ainda Ainda

Ainda Ainda

Ainda Ainda!!!


Deusa Diana,

Os Arcos,

As Flechas,

A Senhora Sabe,

De todos os

Caçadores como eu,

Ainda utilizados

Ainda utilizados

Ainda utilizados!!!


Deusa Diana,

Caçamos

O Alto!


Deusa Diana,

Caçamos em nós

O Verdadeiro Homem

Ao qual

Nas Idades De Ouro

Pertencemos!


Deusa Diana,

Os Caçadores

São poucos...


Deusa Diana,

Os Verdadeiros Caçadores

São poucos...


Deusa Diana,

Sou dos poucos,

Sou um Deles,

Ergo

O Arco,

Lanço

A Flecha,

Alcanço

O Alto

O Alto

O Alto!!!


Deusa Diana,

A Senhora Vê,

Tu Sabes como

Ergo

O Arco,

Tu Sabes como

Lanço

A Flecha...


Deusa Diana,

A Senhora Vê,

Que,

Como todos os Caçadores,

Ergo

O Arco

E Lanço

A Flecha

Para que os meus

Irmãos Não-Caçadores,

Os meus irmãos humanos

Caçados pelas suas dores,

Caçados pelos seus fins,

Caçados pelos seus próprios

Cães raivosos interiores

A dilacerarem-nos todos,

Possam reencontrar

Os seus Arcos,

Possam reencontrar

As suas Flechas.


Deusa Diana,

A Senhora Vê,

Nada temo,

Nada devo,

Nada sou,

Nada tenho,

Sou apenas

Como todos

Os Caçadores Vossos

Filhos Eternos

Um simples coroado

Com a possessão

Do Arco,

Com a possessão

Da Flecha,

Com O Saber

Erguer

O Arco,

Com O Saber

Erguer

A Flecha.


Deusa Diana,

Mãe Diana,

Caçadora Alta,

Mostrai aos humanos

Perdidos na perigosa

Floresta Humana

Recheada de predadores,

Que são eles mesmos

Caçando a si mesmos

Como Verdadeiros Seres,

O Caminho Sagrado

Do Reencontro Com

O Arco,

O Caminho Sagrado

Do Reencontro Com

A Flecha.


Deusa Diana,

Filha Do Alto,

Feminil Cósmica Força

Das Caçadas Verdadeiras,

Que,

Reencontrando

O Arco,

Reencontrando

A Flecha,

Os humanos todos,

O Homem Verdadeiro

Homem,

No Grande Dia Do

Amanhã,

A Definitiva

Idade De Ouro,

Possa Saber Erguer

O Arco,

Possa Saber Erguer

A Flecha,

E maravilhosamente

Ser Caçador

Na Floresta Inominável

Daquele Que É

O Gerador Desconhecido

De Todas As Caçadas.

Comentários

Postagens mais visitadas