Equilibrando-Se No Esconderijo...


Todo ser humano,

Na Verdade Do Seu Existir,

N a Verdade Do Seu Expandir-Se

Nesta Esfera Terrestre,

Possui um pequeno esconderijo,

O Esconderijo Perfeito

Onde ele pode ser,

Sem grandes efeitos,

Sem grandes receios,

Um Deus...


Todo ser humano,

Protegido pela segura forma

De seu Esconderijo,

Equilibra-se como um Deus

Que apenas se Revela

Escondido,

Um pequeno Deus

Que não maltrata ninguém,

Um pequeno Deus

Que não ambiciona nada,

Um pequeno Deus

Que não usurpa nada...


No Esconderijo,

No Equilibrado Esconderijo

Das Não-Formas Maiores,

Os seres humanos,

Enfim,

Externam suas faces humanas

De Deuses e de Crianças,

Crianças Eternas

Brincando No Grande

Equilíbrio Das Balanças Universais

Da Balança Da Criação...


O Esconderijo

Das Crianças Eternas Humanas

Serve como paraíso da

Grande brincadeira que todos

Exercem,

A Grande Brincadeira

De Acreditar-Se Um Deus,

A Grande Brincadeira

De Dizer-Se Um Deus,

Mesmo que um Deus

Pequeno,

Mesmo que um Deus

Menor...


O Esconderijo

Mede o quanto temos,

Mede o que somos,

É medido pela Balança

Do Mestre Libra,

Este a mostrar

A todos os seres humanos,

Quando estes escondidos estão

Da Grande Fúria Do Mundo,

Que podem ser

Verdadeiros Seres Harmoniosos,

Verdadeiros Seres Felizes,

Verdadeiros Seres Pacíficos,

Se transmutados na humildade

De pequenos Deuses

Sem serem Deuses,

Sem grandes efeitos,

Sem grandes receios,

Não maltratando ninguém,

Não ambicionando nada,

Não usurpando nada,

Deuses pequenos sem serem

Deuses pequenos,

Deuses Menores sem serem

Deuses Menores...


Este É

O Terceiro Equilíbrio...

Comentários

Postagens mais visitadas