A Marcha Das Deusas Guerreiras Inomináveis - Canto XXXIII



Nos Lábios,

Lábios Enterrando Sombras,

Sombras Inomináveis,

De Vitoriosas Campanhas

Contra Inimigos

De Seus Significados,

O Sangue

O Sangue

O Sangue

Dos Abatidos Inimigos

De Estradas Nomeáveis!


Nos Lábios

Nos Lábios,

Sangue,

Sangue Nomeável,

Sangue Inimigo,

O Sangue Das Tempestades

Contrárias À

Vontade Inominável,

O Sangue Dos Terremotos

Contrários Ao

Ser Inominável,

O Sangue Dos Furacões

Contrários Aos

Lumes Inomináveis,

Sangue Nomeável

Sangue Nomeável

Sangue Nomeável!


Nos Lábios

Nos Lábios

Nos Lábios,

Sangue Das Misérias

Baixas,

Sangue Das Desgraças

Baixas,

Sangue Das Maldições

Baixas,

Sangue Das Destruições

Baixas,

Sangue Das Ilusões

Baixas,

Escorrendo

Escorrendo

Escorrendo,

Sangue Nomeável

Sangue Nomeável

Sangue Nomeável!


Escorre O Sangue

Escorre O Sangue

Escorre O Sangue,

Verme Homem,

Dos Lábios Da

Trigésima Terceira

Deusa Guerreira

Inominável,

Ele Escorre

Ele Escorre

Ele Escorre

Como O Tumulto Do Fim

De Todas As Obviedades

E de Todas As Transitoriedades

Que Atrasam

O Alto Evoluir

Que Atrasam

O Alto Evoluir

Que Atrasam

O Alto Evoluir!


Escorre

Podre Sangue

Escorre

Podre Sangue

Escorre

Podre Sangue

Dos Lábios Trevosos

Inomináveis

Da Trigésima Terceira,

Verme Homem,

A Trigésima Terceira

A Trigésima Terceira

A Trigésima Terceira

Sugadora Do Sangue

Nomeável

Que Sorvido Em Suas

Trevas Inomináveis

Torna-Se O Seu Próprio

Sangue Inominável

Torna-Se O Seu Próprio

Sangue Inominável

Torna-Se O Seu Próprio

Sangue Inominável!


Do Nomeável

Ao

Inominável,

Do Nada No Baixo

Ao

Todo No Alto,

A Sugadora,

Verme Homem,

A Da Negra Espada Inominável

Decepadora De Nomes

Que Absorvem As

Visões Altas,

A Inominável Sugadora,

A Inominável De

Negras Asas Inomináveis

De Deusa Trevosa Inominável,

A Que Derrama

Sangue Nomeável,

Está A Ensinar-Te

Está A Ensinar-Te

Está A Ensinar-Te

A Como Transmutar

O Enlatado Caralho

Podre Dos Nomes

No

Dourado Adorável

Eternamente Conservado

Do Inominável

Do Inominável

Do Inominável!


As Trevas Da

Trigésima Terceira

Ensinam

Ensinam

Ensinam

A Sugar

A Sugar

A Sugar

Sangue Nomeável

Sangue Nomeável

Sangue Nomeável,

Verme Homem,

Sugues Assim

Todo Sangue Nomeável

Sugues Assim

Todo Sangue Nomeável

Sugues Assim

Todo Sangue Nomeável!


Não Vomites O

Sangue Nomeável,

Verme Homem,

Ela

Ela

Ela,

A Sugadora,

Com O Prazer

Das Deusas Inomináveis

Que Sabem

Que O Sangue De Tudo

Pode Ser

O Sangue Inominável

Antes De Tudo,

Intima-lhe

Intima-lhe

Intima-lhe

Intima-lhe

Intima-lhe

Intima-lhe

Intima-lhe

A Fazer Do Nomeável

O Inominável

A Fazer Do Nomeável

O Inominável

A Fazer do Nomeável

O Inominável

A Fazer Do Nomeável

O Inominável

A Fazer Do Nomeável

O Inominável

A Fazer Do Nomeável

O Inominável

A Fazer Do Nomeável

O Inominável!


Não Teimes Em Não Sugar

O Sangue Nomeável

Não Teimes Em Não Sugar

O Sangue Nomeável

Não Teimes Em Não Sugar

O Sangue Nomeável,

Verme Homem,

Ele Pode Ser

Inominável,

Ele Já É

Inominável,

Basta Em Si

Incondicioná-lo,

Basta Em Si

Doutriná-lo,

Basta Em Si

Alimentá-lo

Com A Inominabilidade,

Como O Faz

A Sugadora,

Como O Faz

A Inominável Sugadora,

Como O Faz

A Da Negra Espada Inominável

Sugadora,

Como O Faz

A Inominável

De Negras Asas Inomináveis,

Ela Que É

A Trigésima Terceira,

Trigésima Terceira,

Ela,

Ela

A Trigésima Terceira

Deusa Guerreira Inominável,

Ela

A Trigésima Terceira

Deusa Guerreira Inominável,

Ela

A Trigésima Terceira

Deusa Guerreira Inominável,

A Trigésima Terceira

Força Inominável,

A Trigésima Terceira

Força Inominável,

A Trigésima Terceira

Força Inominável!




Comentários

Postagens mais visitadas