A Marcha Das Deusas Guerreiras Inomináveis - Canto XXXIV


Duas Espadas Negras Inomináveis,

Apontando Eternas

Para O Grito Da Vitória

Na Inominável Terra,

Apontando Eternas

Para O Brilho Da Glória

Na Inominável Senhora,

A Grande Senhora

A Grande Senhora

A Grande Senhora

Que Como

O Grande Dragão

O Grande Dragão

O Grande Dragão

Ainda Respiram

No Centro Oculto

Da Terra!


Duas Espadas Negras Inomináveis

Duas Espadas Negras Inomináveis

Duas Espadas Negras Inomináveis,

A Grande Senhora

É Inominável

E É

A Inominável Terra

Dos Antigos Inomináveis,

O Grande Dragão

É Inominável

E É

A Inominável Terra

Dos Antigos Inomináveis,

Os Antigos Inomináveis

Os Antigos Inomináveis

Os Antigos Inomináveis

Que Seguem Na Marcha

Da Trigésima Quarta,

Aquela Que Empunhando

As Duas Espadas Negras

Inomináveis

É A Grande Senhora

E É O Grande Dragão

No Antigo Altar

Da Inominabilidade!


Lâminas Negras Inomináveis

Banham A Marcha

Da Trigésima Quarta

Deusa Guerreira

Inominável,

Verme Home,

Com As Águas

Antigas

Com As Águas

Antigas

Com As Águas

Antigas,

As Águas Da Verdadeira

Felicidade,

As Águas Da

Deusa Felicidade,

Deusa Que Tu Rejeitas

Para Viveres

Pelas Sombras Nefastas

Da Estagnação Do Baixo

Em Todas As Baixas Idades!


A Das Duas Espadas

A Das Duas Espadas

A Das Duas Espadas,

No Olhar Inominável

É O Brilho Negro

Inominável,

É A Parcela Do Início,

Verme Homem,

Do Subir As Escadarias

Da Verdadeira Evolução

Reaprendendo A Verdadeiramente

Viver

Com A Vida Da

Grande Senhora

Inominável,

Reaprendendo A Verdadeiramente

Respirar

Com A Respiração

Do Grande Dragão

Inominável,

Grande É

A Trigésima Quarta

Grande É

A Trigésima Quarta

Grande É

A Trigésima Quarta!


Tenhas A Ira Inominável

Das Duas Espadas,

Verme Homem,

Envergues O Dia Tenebroso

Nomeador De Todo Ato

Até Quebrá-lo

E Ergas Em Ti

O Dia Inominável

Inominabilizante De Todo

Ato Alto,

Ato Alto Que

É O Teu Laço

Com A Trigésima Quarta

A Fitar-Lhe

A Fitar-Lhe

A Fitar-Lhe

E A Guerrear Contigo

Nas Antigas

E Nas Novas

E Nas Vindouras

Passagens Em Direção

Ao Alto!


Caminhante

Caminhante

Caminhante

Caminhante

Caminhante

Caminhante

Caminhante

Caminhante

Caminhante

Caminhante

Caminhante

Caminhante

Pela Grande Senhora

Inominável

Que A Trigésima Quarta

Marchando

É,

Pelo Grande Dragão

Inominável

Que A Trigésima Quarta

Marchando

É,

É O Sinal Do

Olhar Inominável Dela

É O Sinal Do

Olhar Inominável Dela

É O Sinal Do

Olhar Inominável Dela,

Verme Homem

Que No Hoje É

Estúpido Cego Imbecil

Tolo Bem Verminoso

Caminhante!


Ela Não Pede

O Vosso Ajoelhar-Se,

Ela Não Pede

O Vosso Venerar-Lhe,

Verme Homem,

Ela É Senhora

De Lâminas Negras

Inomináveis,

Ela É Dragão

De Lâminas Negras

Inomináveis,

Ela Governa,

Ela Respira,

Na Inominabilidade

Na Inominabilidade

Na Inominabilidade,

Marchando Por Ti,

Para Demonstrar-Te

Que Ainda

Cada Homem

E Cada Mulher

Podem Ser

A Senhora

E O Dragão

Na Inominabilidade

Ou Em Outras Fontes De Poder

Que Ao Alto Encaminham,

Ela Assim Demonstra,

Assim Demonstra,

Ela Assim,

Demonstra,

Ela

A Trigésima Quarta

Deusa Guerreira Inominável,

Ela

A Trigésima Quarta

Deusa Guerreira Inominável,

Ela

A Trigésima Quarta

Deusa Guerreira Inominável,

A Trigésima Quarta

Força Inominável,

A Trigésima Quarta

Força Inominável,

A Trigésima Quarta

Força Inominável!




Comentários

Postagens mais visitadas