A Marcha Das Deusas Guerreiras Inomináveis - Canto LXI


Migrantes As Verdades

Migrantes As Verdades

Migrantes As Verdades

Migrantes As Verdades

Migrantes As Verdades

Migrantes As Verdades

Migrantes As Verdades

Migrantes As Verdades,

As Verdades

Que Do

Coração Do Inominável

Penetram Nos Corações Daqueles

Que Marcham

Na Inominabilidade

Na Inominabilidade

Na Inominabilidade

Na Inominabilidade!


Migrantes Verdades

Migrantes Verdades

Migrantes Verdades

Através Do Sopro

Da Deusa Escuridão

Em Face Inominável!


Migrantes Verdades

Migrantes Verdades

Migrantes Verdades

Através Do Sopro

Da Deusa Luz

Em Face Inominável!


Migrantes Verdades

Migrantes Verdades

Migrantes Verdades

Através

Através

Através

Através

Através

Através

Através

Da Sexagésima Primeira

Deusa Guerreira Inominável,

Aquela Que

Na Serenidade Inominável

É A Face Inominável

Guerreira

Da Escuridão,

É A Face Inominável

Guerreira

Da Luz!


Verme Homem

Verme Homem

Verme Homem,

A Sexagésima Primeira,

A Da Lança

Das Verdades Que Migram

Para Os Corações Dos Vossos

Que Deixam De Ser Vermes,

Sobrevoa

As Manhãs Das Tardes,

Sobrevoa

As Tardes Das Noites,

Sobre As Noites Das Manhãs,

Sobrevoa O Tempo

Das Eras Antigas,

Sobrevoa O Tempo

Das Eras Novas,

Sobrevoa

Sobrevoa

Sobrevoa

Marchando Em Nome

Dos Deveres Para Os Quais

Ela É Sempre

Inominável Manhã

De Trevas Em Matrimônio

Com As Luzes!


Trevas E Luzes

Matrimoniais

Trevas E Luzes

Matrimoniais

Trevas E Luzes

Matrimoniais

Trevas E Luzes

Matrimoniais,

Verme Homem,

No Corpo Guerreiro Dela

Sempre Admitindo-Se

Na Manhã Eterna

Da Criação,

Sempre Em Marcha

Na Manhã Eterna

Da Criação,

A Manhã

Da Sexagésima Primeira

Marcha

A Manhã

Da Sexagésima Primeira

Marcha

A Manhã

Da Sexagésima Primeira

Marcha

A Manhã

Da Sexagésima Primeira

Marcha

A Manhã

Da Sexagésima Primeira

Marcha

Marcha

Marcha

Marcha

Marcha

Marcha

Marcha!


Recuperes Vossa

Manhã Eterna,

Verme Homem!


Retomes Vossa

Manhã Eterna,

Verme Homem!


Retornes À Vossa

Manhã Eterna,

Verme Homem!


Abraces A Vossa

Manhã Eterna.

Verme Homem!


Queiras

Queiras

Queiras

Queiras

Queiras

Queiras

Queiras

A Manhã Eterna,

Verme Homem!


Participes Como Ela

Participa

Da Aurora Da Manhã

Eterna

Da Criação

Em Fundação

Em Fundação

Em Fundação

Das Maravilhas Encantadoras

Dos Caminhos Soberanos

Da Lança Que Divide

Os Mares Das Trevas Inomináveis

E

Os Mares Das Luzes Inomináveis,

Verme Homem!


Separes Com A Lança

Da Sexagésima Primeira,

Verme Homem,

A Medida Que Cabe

Nas Conchas

Do Negro Mar

E

A Medida Que É

Todo O

Negro Mar!


Caias

Caias

Caias

Caias

Caias

Caias

Caias

Caias

Guerreando

No Negro Mar,

Verme Homem,

O Negro Mar Inominável,

O Mar Da Lança,

O Mar Da

Sexagésima Primeira

Em Manhã De Águas Inomináveis

Em Marcha Pelas Fontes

De Oceanos Mais Inomináveis,

Oceanos Ocultos

Oceanos Ocultos

Oceanos Ocultos

Oceanos Ocultos

Oceanos Ocultos

Oceanos Ocultos

Oceanos Ocultos

Em Vosso Eu Verminoso!


Retraias Vosso Verminoso Ser,

Verme Homem,

Os Oceanos Ocultos

Os Oceanos Ocultos

Os Oceanos Ocultos

Os Oceanos Ocultos

Os Oceanos Ocultos

Os Oceanos Ocultos

Os Oceanos Ocultos

Marcham Chorando

Dentro De Ti

Marcham Chorando

Dentro De Ti

Marcham Chorando

Dentro De Ti

Marcham Chorando

Dentro De Ti

Marcham Chorando

Dentro De Ti

Marcham Chorando

Dentro De Ti

Marcham Chorando

Dentro De Ti

Marcham Chorando

Dentro De Ti!


A Sexagésima Primeira,

Verme Homem,

Repares

Repares

Repares

Nela,

Ela Te Visualiza

Com O Amor

Da Manhã Eterna Da Criação,

Vejas Bem

Vejas Bem

Vejas Bem

Como Ela Te Observa,

Vejas No Olhar Guerreiro

Dela A Marchar

Com Muitos De Ti

Que Sabem Nadar

Em Seus Oceanos Ocultos

Tornados Oceanos Eternos,

Vejas Nesse Olhar

Vejas Nesse Olhar

Vejas Nesse Olhar

O Amoroso Amanhecer Eterno

Da Criação,

Amoroso Amanhecer

Amoroso Amanhecer

Amoroso Amanhecer

Que Te Conduz

Ao Saber Que Aquela Lança

Que Ela Está A Portar

Inominavelmente É O Portal

Ao Caminho

Do Amor Eterno Eterno Eterno

Da Manhã Eterna Da Criação

Que Pode Conduzir-Te

Às Trevas Inomináveis

Que Amanhecem,

Às Luzes Inomináveis

Que Amanhecem!


Organizai

Organizai

Organizai

O Buscar

O Buscar

O Buscar

Dos Vossos Oceanos Ocultos,

Verme Homem,

Pois A Manhã Eterna Da Criação

Está A Marchar

Está A Marchar

Está A Marchar

Está A Marchar

No Inominável Ser Dela,

Inominável Ser

Cujo Trevoso Alvorecer,

Inominável Ser

Cujo Luminoso Amanhecer,

Justifica A Marcha

Que Irradia

As Migrantes Verdades

Nos Corações Inomináveis,

Corações Que Ela Contém

Na Lança Inominável

Da Manhã Eterna Da Criação

Em Suas Mãos,

A Lança Inominável

Da Manhã Inominável

Dela,

A Lança Inominável

Da Manhã Inominável

Da Marcha

Dela,

A Lança Inominável

Da Manhã Inominável

Do Inominável Desconhecido

Sessenta E Uma Vezes

Inominável Desconhecido,

Sessenta E Uma Vezes

Ela,

Ela

Sessenta E Uma Vezes,

Ela

A Sexagésima Primeira

Deusa Guerreira Inominável,

Ela

A Sexagésima Primeira

Deusa Guerreira Inominável,

Ela

A Sexagésima Primeira

Deusa Guerreira Inominável,

A Sexagésima Primeira

Força Inominável,

A Sexagésima Primeira

Força Inominável,

A Sexagésima Primeira

Força Inominável!






Comentários

Postagens mais visitadas