O Perverso Homem


Vindo de longe

de longe

de longe

de longe

Vejo uma multidão

De homens caindo


De longe

De longe

De longe

Homens caindo

Multidão de quedas

de quedas

de

quedas

d

e

q

u

e

d

a

s


À frente dos que caem

Uma Deusa Renegada

Uma Deusa Bagunceira

Uma Deusa Caótica

A Deusa Perversidade


Ela mostra os dentes

Dentes Perversos

Perversos Dentes

Rasgando o trono

o trono

o trono

o trono

Do Homem

Que é apenas de lixo

Que é apenas de lama

Que é apenas de esgotada

Cinza em cima de barro


A Perversidade Encarnada

A Perversidade Materializada

Vai derrubando os homens

Uma perna

Duas pernas

Três pernas

Cabeças

Cabaças

Braços

Pênis

Vagina

Boca

Mão

Cu

Tudo Ela derrubando

Ela derrubando tudo

Derrubando tudo Ela


Com O Rosto Perverso

O Perverso Rosto

A Deusa Perversidade

Constrói Seu Reinado

Constrói Seu Império

Constrói Seu Potentado

Com o sangue

Da Humanidade

E com O Sangue

Dos Deuses Amantes

Da Humanidade

Mortos pela

Humanidade


E O Perverso Homem

Companheiro Do

Dragão Homem

Companheiro Do

Anticristo Homem

Companheiro Da

Serpente Homem

Vai caindo

Vai derrubando

Seguindo sua Deusa

Deusa Perversa

Perversa Deusa

Deusa Perversidade

Perversidade De Deusa

Deusa que

O declara

O Fracasso Universal

O Fracasso Da Criação

O Fracasso Homem


Pois

O que é

que é

que é

que é

O Perfeito Perverso

Senão homens que

Seqüestram

Estupram

Matam

Uma menina de

Dezoito anos

Homens que

Arrastam

Por

Quilômetros de estrada

O corpo de um menino

Homens que

Quando estão no poder

Apenas servem aos propósitos

Do cada vez mais

Destituir do Homem

A Sua Condição

De Ser?


Perfeitamente Perversa

A Humanidade

Até aquela parcela

Da Humanidade

Que atacada é pela

Deusa Perversidade

Ao se tornar perversa

E fechar os olhos

Para a perversidade

Dos seus irmãos em carne

Que são apenas vítimas

De uma Deusa

Das mais covardes


Perverso sou

Por Ver

As Andanças

Da Deusa Perversidade

Entre a Humanidade


Perverso tu és

Por não Ver

As Andanças

Dessa Deusa covarde


Perversa a Humanidade é

Por não ter a coragem

De definitivamente derrubar

De Seu Perverso Trono

Aquela que não lhe permite

O Trono Da Verdadeira

Existencialidade





Comentários

Postagens mais visitadas