Banhando-Se Em Pequena Fonte D'Água Pacífica


Banhando-Se Em

Pequena Fonte D'Água

Pacífica...


Banhando-Se Em

Pequena Fonte D'Água

Pacífica...


Banhando-Se Em

Pequena Fonte D'Água

Pacífica...


Você aí,

Irmã humana,

Banhada no estresse

Do humano dia-a-dia,

Já parou uma vez

Em tua humana existência

Que sei que é vazia

Para buscar

A sua pequena fonte

D'água pacífica?


Banhando-Se Em

Pequena Fonte D'Água

Pacífica...


Banhando-Se Em

Pequena Fonte D'Água

Pacífica...


Banhando-Se Em

Pequena Fonte D'Água

Pacífica...


Você aí,

Irmão humano,

Banhado igualmente

No estresse do humano

Dia-a-dia,

Já parou uma vez

Em tua humana existência

Que eu também ser vazia

Para buscar

A sua pequena fonte

D'água pacífica?


Banhando-Se Em

Pequena Fonte D'Água

Pacífica...


Banhando-Se Em

Pequena Fonte D'Água

Pacífica...


Banhando-Se Em

Pequena Fonte D'Água

Pacífica...


Questionamos,

Nos aborrecemos,

Deixamos a paz

Jogada em qualquer lodo

De nossos humanos

Receios,

Receamos um tanto da

Guerra pela

Verdadeira Paz,

Receamos sim,

Receamos mesmo,

Aceitamos os assassinatos

De milhões pelo mundo,

Assassinatos em guerras,

Assassinatos em camas,

Assassinatos em mesas,

Assassinatos em bares

Assassinatos em si

Mesmos,

E nos suicidamos

Sem paz

Sem paz

Sem paz

Que seja fonte d'água

De maravilhas todas

Sem danos...


Banhando-Se Em

Pequena Fonte D'Água

Pacífica...


Banhando-Se Em

Pequena Fonte D'Água

Pacífica...


Banhando-Se Em

Pequena Fonte D'Água

Pacífica...


Estamos na Guerra Suja,

Não é

A Verdadeira Guerra,

A Guerra Pela

Verdadeira Vida,

A Guerra Pelo

Verdadeiro Existir,

A Guerra Pelo

Verdadeiro Ser,

Não é essa A Guerra

Que estamos travando,

Nós estamos sujos,

Sujos de sangue,

Sangue de assassinatos,

Sangue de estupros,

Sangue de corrupções,

Sangue de descasos,

Sangue de Deuses Guerreiros

Sujos,

Somos Deuses Sujos,

Somos Guerreiros Sujos,

Como Não-Deuses Guerreiros

Que A Verdadeira Paz

Não Buscam

Nas Águas Sagradas

Que Correm Pelo Grande Mar

Interior...


Banhando-Se Em

Pequena Fonte D'Água

Pacífica...


Banhando-Se Em

Pequena Fonte D'Água

Pacífica...


Banhando-Se Em

Pequena Fonte D'Água

Pacífica...


A Ninfa Janaína

Me chama,

A Ninfa Janaína

Me envolve,

Vou para junto Dela

Na Fonte De Ouranos

Perto Do Véu

Do Útero De Gaia,

Lá,

Lá mesmo,

Humanidade Suja,

Humanidade De

Não-Deuses Sujos,

Existe A Inominável Fonte

D'Água Pacífica,

Escorrendo de pequenas pedras

Do Monte Heredom,

É Fonte Das Ninfas,

É Fontes Das Deusas Das Ninfas,

É Fontes Dos Deuses Todos

Nadantes No Grande Mar

Da Criação,

É Fonte D'Água Pacífica

Na qual vós todos também

Podeis chegar,

Basta buscá-La aí,

Aí mesmo,

Aí em vossos Interiores Lares,

Lares D'Álmas Sujas

Pelo Sangue Humano,

Pelo Humano Sangue,

A Escorrer Pela Terra

E A Substituir Qualquer Fonte

D'Água

Que Realize A

Verdadeira Paz...


Banhando-Se Em

Pequena Fonte D'Água

Pacífica...


Banhando-Se Em

Pequena Fonte D'Água

Pacífica...


Banhando-Se Em

Pequena Fonte D'Água

Pacífica...


Com a Ninfa Janaína

Vou me banhando,

Em Paz

Em Paz

Em Paz

Em Paz

Em Paz

Em Paz

Em Paz

Em Paz

Em Paz

Em Paz

Em Paz

Em Paz

Em Paz

Em Paz

Em Paz

Em Paz

Em Paz

Em Paz

Em Paz

Em Paz

Em Paz

Em Paz

Em Paz

Em Paz

Em Paz

Em Paz

Em Paz

Em Paz

Em Paz

Em Paz

Em Paz

Em Paz

Em Paz


Banhando-Se Em

Pequena Fonte D'Água

Pacífica...


Banhando-Se Em

Pequena Fonte D'Água

Pacífica...


Banhando Em

Pequena Fonte D'Água

Pacífica...


Inominável Ser

BANHANDO-SE EM PAZ

NA PEQUENA

FONTE D'ÁGUA

PACÍFICA

DE LÁ




Comentários

Postagens mais visitadas