Ocultas Corujas D'Alma Humana


Espetáculo...


Adormecido...


Sobrevoar...


Alvorecer...


Esperado lá...


Esperado aqui...


Exasperado...


Executado...


Exultado...


Limite...


Agressão...


Divisão...


Coesão...


Orientação...


Nunca nas noites

Das almas humanas,

Amigo Moran,

Houve um inocente

Pouso,

Houve um inocente

Repouso...


Noites e cadafalsos,

Amigo Moran,

Para os humanos todos

Que não imitam

A sabedoria das corujas...


Corujas,

Sagrados Animais,

Amigas e confessoras

Dos poetas repousando

Nas penas de suas

Corujas d'alma...


Corujas,

Nada de sono,

Nada de som,

Nada de sopro,

Nada de assombro...


Corujas,

Instantâneas chaves

De aladas visões

do Sempre Despertar...


O Sempre Despertar,

Amigo Moran,

D'Alma Eterna

Humana!


O Sempre Despertar,

Amigo Moran,

Da Etérica Força

D"Alma Eterna

Humana!


As Corujas D'Alma

Humana!


As Corujas D'Alma

Humana!


As Corujas D'Alma

Humana!


As Corujas D"Alma

Humana!


Elas voam em ti,

Irmã humana?


Elas voam em ti,

Irmão humano?


Corujas em vossa

Alma Eterna,

Irmã humana?


Corujas em vossa

Alma Eterna,

Irmão humano?


Corujas voam...


Corujas voam...


Corujas voam...


Corujas voam...


Sabeis voar

Como coruja,

Irmã humana?


Sabeis voar

Como coruja,

Irmão humano?


Inominável Ser

VOANDO COM

AS SUAS CORUJAS

N'ALMA

E COM AS CORUJAS

D'ALMA

DE SEU AMIGO

MORAN




 Thomas Moran

Comentários

Postagens mais visitadas