Instintivas Passagens E Demais Naturezas Selvagens - Canto IV


Diante dos inimigos

Entre nossas propriedades

E impropriedades

Recolhemos as mãos

E colhemos com os pés

As vitórias de nosso sangue

Que enroscado nas podridões

D'almas nossas

Escorre pelos campos de batalha

Fertéis de mais ingloriosas

Rotas.


Infértil,

Eis o que grita

Nosso inimigo!


INFÉRTIL,

EIS O QUE GRITO

A TODOS VÓS,

IRMÃOS HUMANOS!


INFÉRTIL!


DÉBIL!


INFÉRTIL!


IGNÓBIL!


INFÉRTIL!


RIDÍCULO!


INFÉRTIL!


ARRUINADO!


INFÉRTIL!


ANIQUILADO!


INFÉRTIL!


ARRASTADO!


INFÉRTIL!


Sol,

Nossa luz própria

É...


INFÉRTIL!


Lua,

Nossas crateras próprias

São...


INFÉRTEIS!


Estrelas,

Nossas coroas próprias

São...


INFÉRTEIS!


Planetas,

Nossas populações próprias

São...


INFÉRTEIS!


De todas as rondas

Pelas canalizadas

Formas de impurificações,

Nossos inimigos

Nos vencem

Diante das tonalidades

Das forças que pomos

Contra cada um deles,

Mas como vencer inimigos

Que residem em nossos

Internos lares,

Como vencer inimigos

Que podem nos fazer

Em um instante

Assassinos covardes

Ou estupradores miseráveis

Quando bem podemos ser

Salvadores de povos

E Mártires do mundo?


Como vencer

Este inimigo,

O INIMIGO,

Este que é nosso

Desconhecido Interior

De instintos bestiais,

Como reduzir este

Tiphon

Como Deuses Novos

De nós mesmos?


De palavra

Em palavra,

Das palavras

Pela Palavra,

NA PALAVRA

DA PALAVRA,

Peço para Courbet pintar

Um quadro de nossa

Possível vitória,

Mas está impossível

Esta vitória,

Notíciarios divulgam

Assassinatos de crianças,

Espancamentos de idosos,

Estupros de crianças,

Crimes e crimes e crimes

Desta Desgraça Contemporânea

Na qual nos encontramos...


O INIMIGO

Vai nos batendo,

Vai nos massacrando,

Vai nos vencendo,

Pedimos por socorro,

Mas tudo fica cada vez mais

Inimigo nosso

Como dinamitantes porradas

Dos nossos rostos...


Resta lutar,

Apenas lutar,

Continuar lutando

E não ficar

Apenas a orar

Para um Deus

Ou vários Deuses

Que mais e mais

Estão a nos abandonar.


Inominável Ser

COMBATENDO

O SEU INIMIGO

COMO COURBET

COMBATEU E VENCEU

O INIMIGO DELE









Comentários

Postagens mais visitadas