As Onze Respirações Do Dragão II - Quarta Respiração


A Fúria Corre

Pelas Veias Do Poder

Que Se Encara

Quando Se Tem

A Face Cortada

Pela Potência

Da Draconiana Verdade.


Draconis Jahan

Draconis Vaaisos

Draconis Tauior


Luminosidades Estancam

O Sangue Último

E A Primeira Fonte

De Água Encontrável

É A Dos Draconianos

Oceanos Altos

Do Poder Realizado.


Draconis Vabaror

Draconis Rathur

Draconis Koashur


Esplendoroso Furacão

Forma-Se Em Todo

Draconiano Coração,

Bate O Coração

Do Dragão,

Cada Batida É

A Ação!


Draconis Vaoba

Draconis Valaman

Draconis Utehr


A Ação,

A Eterna Ação,

Os Raios Se Tornam

As Faces Das Terras

Do Dragão,

Os Raios Fazem-Se

Novas Terras Do Dragão!


Draconis Idare

Draconis Ulake

Draconis Namaror


O Tecido Das Terras,

O Novo Tecido

Das Novas Terras,

O Dragão Concede

De Suas Sagradas Garras

A Vestimenta

Mais Alta Correta!


Draconis Ihau

Draconis Fatur

Draconis Dartur


Vinga A Forma,

Vinga A Força,

Estremecem

Os Draconianos,

Estremecem

As Draconianas,

O Dragão Abarrota!


Draconis Vavor

Draconis Atuor

Draconis Jakaloir


Abarrota

Draconianas Sensações,

Draconianas Emoções,

Draconianos Amores,

Draconianos Ódios,

Draconiano Caos,

Draconiana Ordem!


Draconis Oeros

Draconis Oros

Draconis Aphur


Vertigem Sentida,

Nuvem Seguida,

As Faces Do Dragão

Nos Firmamentos

Das Terras Conhecidas

E Das Terras Desconhecidas

Da Criação!


Draconis Kakaor

Draconis Laoor

Draconis Taujor


Queima O Espelho,

Queima O Reflexo,

A Bruta Fonte

Do Eterno Regresso,

A Chama Interna

Dos Dragões

Nas Escamas Do Dragão!


Draconis Ujan

Draconis Eraor

Draconis Ilapor


Escuridão Cresce,

Escuridão Cavalga,

Escuridão Escuridão,

O Dragão Cresce

E O Dragão Cavalga

Na Escuridão Vencedora

Da Inexatidão!


Draconis Ratur

Draconis Dader

Draconis Iolos


A Exatidão É A Ponta

Das Draconianas Armas

Nas Mãos Dos

Draconianos Guerreiros

Permanecendo Firmes

Nos Desejos De Suas

Interiores Criações,

Forjando As Guerras

Que Vencidas

São,

Forjando Na Guerra

Toda Vitória

Sã,

Forjando Aos Infinitos

Olhos Do Dragão

O Intuito

São,

Forjando Aos Infinitos

Dentes Do Dragão

A Sabedoria

Sã,

Desejando A Desejada

Manhã Dos Desejos

Realizados Nos Terrenos

E Nos Templos

São,

Desejando A Desejada

Noite Dos Desejos

Realizados Nas Serranias

E Nas Galáxias

Sãs,

Manhã Do Dragão,

Noite Do Dragão,

Terrenos Do Dragão,

Templos Do Dragão,

Serranias Do Dragão,

Galáxias Do Dragão,

Desejos Do Dragão

Respirando

Respirando

Respirando

Respirando

Respirando

Respirando

Respirando

Respirando

Respirando

Respirando

Respirando!


DRACONIS UNIVERSUS

NIGRI


DRACONIS UNIVERSUS

NIGRI


DRACONIS UNIVERSUS

NIGRI


DRACONIS UNIVERSUS

NIGRI


DRACONIS UNIVERSUS

NIGRI


DRACONIS UNIVERSUS

NIGRI


DRACONIS UNIVERSUS

NIGRI


DRACONIS UNIVERSUS

NIGRI


DRACONIS UNIVERSUS

NIGRI


DRACONIS UNIVERSUS

NIGRI


DRACONIS UNIVERSUS

NIGRI


Inominável Ser

NOS DESEJOS

DO DRAGÃO








Comentários

Átila Siqueira. disse…
Achei seu poema super interessante, tem um estilo épico que eu gosto muito. Eu também escrevo poemas assim, e gosto muito desse estilo.

Venho também te agradecer a visita no meu blog.

Um grande abraço,
Átila Siqueira.

Postagens mais visitadas