A Fuga Da Deusa Afrodite Diante Do Fim Do Humano Amor


Um tiro na esquina

logo ali...


Uma bomba em um carro

lá...


Um soco no rosto

aqui...


Um chute no estômago

acolá...


Uma criança assassinada...


Uma criança estuprada...


Uma mulher estuprada...


Uma mulher assassinada...


Um homem assassinado...


Um homem estuprado...


Um país invadindo

outro país...


Uma empresa despejando

moradores de uma

favela...


Policiais espancando

e humilhando

e matando

moradores de uma

favela...


Egoísmos fatais

passeando diante de

mendigos esfomeados

nas ruas...


Bêbados e drogados

tratados como

marginais...


Marginais de todas

as classes sociais

elevados como

símbolos de poder...


Preconceitos contra

homossexuais

negros

prostitutas

judeus

dalits

todos os que estão

fora

dos padrões aceitos

como normais

e puros

de uma impura

mundial sociedade...


A bruta hora...


A puta hora...


Bruta Humanidade!


Puta Humanidade!


Veja,

Humanidade!


Veja,

Humanidade!


VEJA,

HUMANIDADE:

A DEUSA AFRODITE

NOS

ABANDONOU

ABANDONOU

ABANDONOU

ABANDONOU

ABANDONOU

ABANDONOU

ABANDONOU

ABANDONOU

ABANDONOU!!!


Diante de tantos

humanos crimes,

A Deusa Afrodite

daqui partiu

com

O Alto Amor...


Diante de tantos

humanos desencontros,

A Deusa Afrodite

daqui partiu

com

Os Altos Amorosos

Valores...


Diante de tantos

humanos conflitos,

A Deusa Afrodite

daqui partiu

com

As Altas Coroas

Amorosas...


Será que Ela

Retorna?


Será que Ela

Retorna?


SERÁ QUE ELA

RETORNA?


Balas perdidas

matam bêbes

e não-bêbes

quase todos

os dias...


Um tiro na cabeça

acaba de matar

agora

uma menina de

cinco anos...


Passantes param

diante de um

cadáver estirado

em qualquer

humana avenida

e passam por cima

para irem brincar

na porra maldita

do Carnaval...


Assim

A Deusa Afrodite

vai ficar

por

Lá...


E nós aqui

continuaremos

sem o

Amoroso Lar...


Inominável Ser

COM SAUDADES

DO AMOROSO LAR

DA

DEUSA AFRODITE







Comentários

Postagens mais visitadas