Elfa...


Rochedos distantes,

sonhos de mundos

felizes,

toques em folhas

de árvores

eternamente

sorridentes...


Elfa...


Elfa...


Elfa...


Tu...


Elfa...


Tu...


Elfa...


Tu...


Elfa...


Madrugada ardorosa

de lembranças

de pagãs momentos

que vivi,

madrugada silenciosa

de solitária invasão

ao vosso mundo,

que tão distante

aqui

de mim

está...


Elfa...


Elfa...


Elfa...


Tu...


Elfa...


Tu...


Elfa...


Tu...


Elfa...


Lembranças do que não

vivi,

sem o calor das musas

com as quais sonhei,

Beltane não vivi,

Beltane não tem

mais sentido

agora viver,

mas,

assim vendo-te agora

na plenitude da mais

natural relação

vossa

com a Natureza Maior

Das Cores

E Das Rochas

E Das Rosas,

Beltane contigo

quero realizar...


Elfa...


Elfa...


Elfa...


Tu...


Elfa...


Tu...


Elfa...


Tu...


Elfa...


Tristeza vem a ser

a minha companhia,

Deusa Tristeza...


Elfa...


Elfa...


Elfa...


Tu...


Elfa...


Tu...


Elfa...


Tu...


Elfa...


Solidão vem a ser

a minha companhia,

Deusa Solidão...


Elfa...


Elfa...


Elfa...


Tu...


Elfa...


Tu...


Elfa...


Tu...


Elfa...


Esperança de pelo

menos

com estes versos

em ti tocar

vem a ser

minha companhia,

Deusa Esperança...


Elfa...


Elfa...


Elfa...


Tu...


Elfa...


Tu...


Elfa...


Tu...


Elfa....


Elfa...

Elfa...

Elfa...

Elfa...

Elfa...

Elfa...

Elfa...

Elfa...

Elfa...


Inominável Ser

PARA UMA ELFA

QUE EM SONHOS

ELE DESEJA







Comentários

Postagens mais visitadas