Na Sonhadora Sorridente Alegria Dos Campos




Pequeno Deus,

pequena criança,

eu sou novamente

brincando.


Nas mãos,

tenho A Felicidade,

tenho A Liberdade,

tenho A Verdade.


Nos olhos,

tenho A Mãe Vida,

tenho A Mãe Sorte,

tenho A Mãe Eternidade.


Nos lábios,

tenho O Pai Tempo,

tenho O Pai Vento,

tenho O Pai Uno.


Criança das mais

antigas,

uma criança de

tempos dourados.


Criança das mais

felizes,

dentro do festivo

momento realizado,


Criança das mais

formosas,

dentro do equilíbrio

da dança de cordas.


Pulo,

contente,

A Única Divindade

Está Comigo!


Pulo,

contente,

A Única Divindade

Está Correndo!


Pulo,

contente,

A Única Divindade

Está Sorrindo!


Estou pelos

Campos,

colhendo as rosas,

cheirando o verde!


Estou pelos

Campos,

acariciando o solo,

beijando os troncos!


Estou pelos

Campos,

tendo cada Campo,

sendo cada Campo!


Criança,

chorando volto

a ser uma

sonhadora criança!


Criança,

um Pequeno Deus,

senhor da minha

vitória!


Criança,

o Próprio

Uno Deus,

O Verdadeiro Campo!


A Unidade

É Pura

E Boa

Como Toda Criança!


Inominável Ser

CRIANÇA







Comentários

Aмbзr Ѽ disse…
bela a analogia da figura e seus versos por vezes unem-se em um só;

http://terza-rima.blogspot.com/

Postagens mais visitadas