Nossas Contínuas Mordidas Na Maça De Eva


A cada dia sobra menos

racionalidade,

a raridade de uma mente

racional na Terra

é um tesouro que conservado

deve ser

no Museu que será construído

no futuro

pelos que serão

verdadeiramente humanos

e herdarão este mundo.


Não terei descendentes,

não quero ter filhos,

as minhas sementes estão mortas,

não tenho sentimento paternal

nenhum,

sou pai apenas

desta lacrimosa poesia,

daquela romântica poesia

de lá,

daquela lasciva poesia

de outro lá,

daquela jardineira poesia

de mais um lá,

daquela transcendente poesia

de mais um de um lá,

daquela loucura

de mais um em um de um lá,

daqueles abismos

de mais um em um de um para

lá,

pois sou severo e contumaz

comedor da Maça de Eva,

que você também

continuamente está

a mastigar...


Esta é a nossa Verdade:

nós,

Não-Deuses fodidos,

comemos aquela Maça

diariamente,

sintam cada tormento

nas estradas humanas,

sintam cada lamúria

nas salas humanas,

sintam cada penúria

nos muros humanos,

sintam cada desumanidade

nos rostos humanos,

sintam cada queda

nos atos humanos,

sintam nossa Queda,

seres humanos,

na poeira

na poeira

na poeira

de nosso vômito

a cada mordida

Naquela Maça...


Todo sonho acaba

na lágrima,

toda nação acaba

na lágrima,

toda ação acaba

na lágrima,

toda oração acaba

na lágrima...


Por que sonhar

se vamos sempre

perder?


Por que formarmos

nações

se vamos sempre

desunidos sermos?


Por que praticarmos

ações

se vamos sempre

cair?


Por que ficarmos a

orar

se nunca de verdade

ouvidos iremos ser?


Estou cansado...

me despedindo...

me despedindo

da esperança...

me despedindo

do sorriso...

me despedindo

de alguma luz

no fim da minha

lacrimosa poética

estrada...


Mordo a Maça

de Eva,

estou envenenado,

estou morrendo,

já estou na cova

mais lacrimosa...


Não ria de mim,

não deboche de mim,

você é como eu,

humana irmã,

humano irmão,

mastigador da mesma

Maça

oferecida por Eva

todos os dias,

todas as noites,

em todas as épocas,

por todas as Eras...


Ó,

GERAÇÃO CEGA,

GERAÇÃO DE SOFREDORES,

GERAÇÃO DE ESTÚPIDOS,

GERAÇÃO DE IMBECIS,

QUANDO IREMOS MASTIGAR

A MAÇA DA VERDADEIRA

VIDA

QUE VEM SENDO OFERECIDA,

AO LADO DA MAÇA DE EVA,

PELA RAINHA DA MANHÃ SOLAR???


Inominável Ser

TENTANDO MASTIGAR

COM DIFICULDADES

A MAÇA

DA VERDADEIRA VIDA








Comentários

Aмbзr Ѽ disse…
erótico e poético.
lindo e profundo.
Te seguindo. Mais um mordedor da maçã de Eva.
Inominável Ser disse…
Agradeço-lhes pelos comentários e por seguir-me neste blog.

Postagens mais visitadas