Apolo E Selene Em Um Sonho Maior


Apolo,

Cavaleiro Do Sol,

Senhor Maior

Da Glória Solar,

esteve em um

sonho maior

que tive em noite

de intenso cheio

luar.


Selene,

Amazona Lunar,

Musa Dos Poetas,

Rainha Da Noite,

seduziu-me no mesmo

sonho maior

com Seus seios

cheios do leite que

nasce do Cósmico Lar.


Apolo me chamou,

me deu

A Chave Solar,

encostei minha cabeça

no ventre de Selene

e suguei-lhe os seios

saboreando daquele leite,

O Cósmico Leite,

que é uma Relíquia Maior.


Selene me pegou

pelo pescoço

e me beijou,

nus dançamos no

Leito Solar,

Apolo nos iluminou

enquanto gerávamos

um Filho Maior,

um Cósmico Exemplar.


Apolo iluminou

o parto do filho

que fiz em Selene,

nasceu um rebento,

Rebento Maior,

Cavalgador Das Estrelas,

Estrela Ascendente,

O Filho Realizado

Do Meu Sonho Maior!


Selene o chamou

de Uriel,

ao nosso filho

chamou de Uriel,

Uriel Estelar,

Uriel Solar,

Uriel Lunar,

O Filho Do Inominável Ser

Com A Maior Das Noturnas Musas!


Ninei em meus braços

a Uriel,

cantei para ele as

cantigas que outrora ouvi

em um mundo maior,

com ele caminhei entre

altos jardins,

com ele estive diante

Daquele Que É

O Jardineiro Das Esferas...


Apolo o doutrinou

na Ciência Solar,

Selene o doutrinou

na Ciência Lunar,

eu o doutrinei

na Inominável Ciência

Do Poetizar,

meu filho crescia,

eu sorria...


Felicidade,

A Verdadeira Felicidade,

abracei no Sonhar,

todo alegre festejei

aquela Criança Maior

que se tornou

um Ser Maior,

até o momento


em que tudo se tornou


apenas areia


apenas pó


apenas o despertar


em mais um dia


neste humano mundo


tão infecto


tão imundo


e tão desprovido


de sonhos maiores


feito de areia


feito de pó


...


Morpheus me acordou

do Sonho Maior,

nenhuma lembrança ficou

até eu escrever

este poema cheio de

saudades,

saudades do Pai Apolo,

da Mãe Selene

e do meu filho Uriel...


Estive a sonhar

bem maior,

maior do que eu

desperto sou,

maior como

Apolo Imperador,

maior como

Selene Imperatriz,

O Grande Casal Dos Céus!


E meu filho,

Uriel,

no Sonhar,

me chama,

ouço a voz dele,

uma voz solar,

uma voz lunar,

uma voz amiga,

uma voz divina...


Pai,

Aqui Estou

Para Te Levar

Ao Real Maior

Do Sonho Cósmico,

O Real A Falar Das

Coisas Que São

Do Divino Lar

Do Qual Tu Viestes


E Para O Qual

Tu Irás,

Em Breve,

Batendo Altas Asas

Na Sintonia Maior

Com A Poesia Solar

E Com A Poesia Lunar,

Retornar Para Poder

Em Verdade Me Encontrar!”


Meu filho assim me chama

Lá do Grande Sonhar,

eu ouço Apolo,

eu ouço Selene,

eu ouço Todos,

eu ouço

O Todo

e fico humanamente

a chorar...


Choro recheado com

a vontade de ir logo

para Lá...


Inominável Ser

OUVINDO A VOZ

DE SEU FILHO

URIEL

ADVINDA LÁ

DO GRANDE SONHAR

Comentários

Postagens mais visitadas