A Divina Senhora De Todas As Divinas Senhoras




O Divino Encontra Pousada
No Bravio Coração
Daquelas Que Cantam
Sobre As Ocultas Glórias
Do Manifestado
E Do Imanifestado

Para Todas Elas,
A Divina Canção Una
É A Eterna Glória
Incessante Da Aurora
Das Transformações
E Evoluções.

A Universal Alma
De Cada Ponto,
A Grande Cósmica Chama
De Cada Ponte,
Marca O Caminho
Das Divinas Senhoras.

Senhoras Que Suaves
Dançam Sublimes
Nas Vestimentas
Dos Crepúsculos
E Das Auroras
Pelo Infinito.

Senhoras Que Infinitas
Despem-Se Diante
Do Misterioso Templo
Que Ecoa As Vozes
Que Nenhum Mortal
Jamais Ouvirá.

Senhoras Ouvidas
Por Todos Aqueles
Que Se Despem
Da Carnalidade
E Navegam Pela Criação
Revestidos Pela Eternidade.

E,
Acima De Todas,
Apenas Uma Senhora!

E,
Acima De Todas,
Apenas Uma Voz!

E,
Acima De Todas,
Apenas Uma Dança!

E,
Acima De Todas,
Apenas Uma,
Imperceptível,
Impenetrável,
Incognoscível:

A Unidade.

A Unidade.

A Unidade.

A Unidade:
O Nosso Definitivo
Destino,
Mortais
E Imortais.

A Unidade:
O Nosso Definitivo
Caminho,
Mortais
E Imortais.

A Unidade:
A Nossa Definitiva
Morada,
Mortais
E Imortais.

Inominável Ser
COM SUA
HUMILDE PENA
ERGUENDO UMA ODE
À DIVINA SENHORA
DE TODAS AS
DIVINAS SENHORAS

Comentários

Postagens mais visitadas