A Flecha De Ártemis


Selene - Jules Lou Machard


Dentro deste momento da minha existência nas cinzas deste mundo, Deusa Ártemis, que eu agora possa me voltar para Ti com a simples humildade de um poeta. As canções que Te ofereço, os louvores que rendo a Ti, veladamente ressoam nos versos onde choro. Nestas lágrimas derramadas em poemas, alço vôos além da envenenada esfera humana de desastres e desgraças, me aproximando do que há atrás das cortinas das Janelas Eternas. E dentro desta noite lamuriosa, arremeto em versos contra a não-dança das horas em mim e fora de mim… As não-horas me abordam e é hora de poetizar antes que o Sono possa me abduzir…

Diante das Trevas
Sou um dançarino
Entre Campos
Que dividem
A Ação
E A Inércia


Danço lentamente
Nas Esferas
Dos sonhos noturnas
E nas Bordas
Dos sonhos diurnos
Como uma criança
Sempre em transe
Entre O Caos
E A Ordem


E a Tua Flecha
Segue viagem
Como Fogo
Nunca Apagado
Na Vestimenta
Selvagem


E a Tua Flecha
Irrompe pelos Universos
Gerando Novos Versos
Citando Todos
Os Verbos
Realizando Todo
O Uno Verbo


E a Tua Flecha
Rege A Sinfonia
Da Passagem Temporal
Transmite A Mensagem
Da Natureza
Fundamental


E a Tua Flecha
Vai adiante
Sendo beijada
Pelos Vigilantes
Sendo acariciada
Pelos Viajantes
Sendo adorada
Pelos Buscadores
Sendo assimilada
Pelos Libertos


A Tua Flecha
Mãe Ártemis
Oriunda
Da Grande Selva
Da Grande Noite


A Tua Flecha
Mãe Ártemis
Oriunda
Do Grande Ser
Da Grande Verdade


A Tua Flecha
Mãe Ártemis
Contando as
Estrelas
Cortando as
Galáxias
Gerando Astros
Que rodeiam
A Celeste
Morada


A Tua Flecha
Ártemis
Caçadora
De Caçadores
Da Verdade
Que Jaz
No Silêncio
Da Eternidade


A Tua Flecha
Ártemis
Caçadora
De Guerreiros
Cuja Única
Caçada
Seja a da
Verdadeira
Liberdade


A Tua Flecha
Ártemis
Caçadora
De Senhoras
E Senhores
De Suas Próprias
Verdades


ARTEMIS LUX AETERNUS


ARTEMIS VITA AETERNUS


ARTEMIS MORTIS AETERNUS


ARTEMIS MORTIS LUX


ARTEMIS VITA LUX


ARTEMIS LUX


ARTEMIS LUX


ARTEMIS LUX


ARTEMIS LUX


ARTEMIS LUX


ARTEMIS LUX


ARTEMIS LUX


ARTEMIS LUX


ARTEMIS LUX

E entre as ondas do Grande Mar e as chamas do Grande Fogo no Grande Ar gerador da Grande Terra, eu vejo a Deusa Ártemis lançando Sua Flecha! E eu sigo o percurso da Flecha! E eu reteso o meu Arco! E eu lanço as minhas próprias flechas!

Inominável Ser
UM
INOMINÁVEL
ARQUEIRO




Comentários

Postagens mais visitadas