Ártemis Caçadora Eterna


Artemis - Howard David Johnson


Corre O Gamo pelas
Florestas Encantadas,
O Rei acasala-se
Com A Rainha,
O Príncipe
Coroa A Princesa.

Pan toca
Sua Sagrada Flauta,
Dioniso bebe
Seu Eterno Vinho,
Ninfas com Sátiros
Em Divinas Orgias.

E Ártemis Caça!

E Ártemis Corre!

E Ártemis Voa!

E Ártemis Marcha!

Seguindo o rastro
Dos Dourados Passos
De Apolo,
Ela destemida segue
Pelas Cósmicas Florestas
Realizadoras.

Acompanhada pelos
Eternos Caçadores,
Ela ao Alto
Lança A Primeira Flecha,
Atingindo O Alvo,
Seguindo acima do Alvo.

As Árvores Cantam
O Nome De Ártemis!

As Águas Cantam
O Nome De Ártemis!

O Vento Canta
O Nome De Ártemis!

O Solo Canta
O Nome De Ártemis!

A Destemida Donzela
Rega com Sangue
A Terra,
O Sangue Caçador,
O Sangue Da Caça,
O Sangue Dos Caçadores.

O Arco Dele
Sempre retesado está,
Ela mira almas,
Atinge alma
E caça dentro
De todas as almas.

Ártemis Amada!

Ártemis Dourada!

Ártemis Invencível!

Ártemis Eterna!

ARTEMIS FIAT LUX!!!

ARTEMIS FIAT LUX!!!

ARTEMIS FIAT LUX!!!

ARTEMIS FIAT LUX!!!

ARTEMIS FIAT LUX!!!

ARTEMIS FIAT LUX!!!

ARTEMIS FIAT LUX!!!

ARTEMIS FIAT LUX!!!

ARTEMIS FIAT LUX!!!

Inominável Ser
OFERECENDO
ESTA ODE
À ÁRTEMIS
CAÇADORA ETERNA






Comentários

Postagens mais visitadas