quarta-feira, dezembro 21, 2016

0

As Chagas Universais


The Wat Oit Is Through - chaos-eco


Chocam-se os Elementos
Nas curvas ascendentes
Dos Grandes Momentos

O Raio Cai
O Raio Ascende
As Coisas se mantém

Nos muitos Instantes
Da Aurora Cósmica
Surgem Chagas Desconhecidas

Chagas nascidas do
Encontro do Caos
Com a Vida

Chagas nascidas
Do desinteresse das almas
Na Unidade

Chagas nascidas
Da separação das almas
Da Unidade

Chagas nas almas
Nas Almas Eternas
Dos Seres Universais

Chagas nas Melodias
Das Harpas Ocultas
Das Esferas

Chagas que vistas são
Ao adormecer do crepúsculo
Ao adormecer da aurora

Chagas crepusculares
Das Auroras Universais
Sem A Unidade

Chagas no Ser Universal
Chagas sangrentas
Derrama-se A Seiva Universal

Chagas que ao Alto ferem
A Unidade rompida
A Unidade corrompida

Chagas da separatividade
Tudo quer ser Um
Todos querem apenas ser Um

Chagas muitas
Tudo quer ser Um para Si mesmo
Todos querem ser Um para si mesmos

Chagas
Universos doentes
Criação doente

Inominável Ser
CHEIO
DE CHAGAS




terça-feira, dezembro 06, 2016

0

À Deusa Atena - Canto II


Pallas Athena - Rembrandt



Querida Atena,
Esta é uma hora
De soberana serenidade
Desta minha alma
Desesperadamente ansiosa
No Útero Da Eternidade.
É uma hora
Para refletir sobre
Minhas danças feitas
Na ponte acima
Do Humano Abismo.
É uma hora
Para erguer todo
Meu pequeno pensamento
Ao Vosso Grande
Pensamento.
É uma hora
Para deter todo
Danoso arroubo
Do ignorante instinto
De minha carne.
É uma hora
Para derreter todo
Ardente frio
Um tanto quanto grande
Do meu dolorido
Coração tão humano.
É uma hora
Para descansar
Meus cansados pés
Feridos pelas pedras
Das estradas que já
Intensamente percorri.
É uma hora,
Apenas uma hora,
Querida Atena,
Na qual mais uma vez
Me desfaço da mentira
Da materialidade
E me entrego
Ao Vosso Eterno Sábio
Espírito Equilibrado.
Preciso da Senhora
Nesta hora,
Na próxima hora
E em todas as horas.
Preciso da Senhora,
Deusa Atena,
Em mais uma nova estrada
Que estou a percorrer.
Uma nova estrada
Nada suave,
Nada segura
E nem a última estrada
Que percorrerei.
Peço Vossas Mãos,
Então,
Para conduzir-me,
Querida Deusa
Atena.
Para que eu
Não caia.
Para que eu
Não desista.
Para que eu
Não me perca.




sexta-feira, dezembro 02, 2016

0

Em Paz Com Os Dragões



Em paz com
Os Dragões:
Um
Tempo Luzidio,
Tempo Aguardado,
Tempo Desejado.


Em paz com
Os Dragões:
Uma
Meta Alcançável,
Meta Almejada,
Meta Planejada.


Em paz com
Os Dragões:
Um
Campo Agradável,
Campo Florido,
Campo Banhado.


Quantas asas
Batemos
Em busca dessa
Paz?


Quantas asas
Que temos
Podem ser batidas
Em busca
Dessa paz?


Quantas asas
Ainda teremos
Para voarmos
Em direção
Ao encontro
Dessa paz?


A paz com
Os Dragões!


Os Dragões
Da Violência!


Os Dragões
Da Impiedade!


Os Dragões
Da Frieza!


Os Dragões
D Indiferença!


Os Dragões
Da Inveja!


Os Dragões
Da Mentira!


Os Dragões
Da Ruína!


Os Dragões
Da Desordem!


Os Dragões
Do Caos!


Os Dragões
Da Infertilidade!


Os Dragões
Da Vaidade!


Os Dragões
Do Egoísmo!


Os Dragões
Do Fatalismo!


Os Dragões
Do Fundamentalismo!


Os Dragões
Da Desgraça!


Os Dragões
Da Maldição!


Os Dragões
Da Miséria!


Quando?


Quando?


Quando?


QUANDO
OBTEREMOS
UM ACORDO
DE ETERNA PAZ
COM OS
DRAGÕES
GOVERNANTES
DA DESGRAÇA
CONTEMPORÂNEA???


QUANDO,
HUMANA
DIARIAMENTE
PULVERIZADA
POR TAIS DRAGÕES???


QUANDO,
HUMANO
DIARIAMENTE
PULVERIZADO
POR TAIS DRAGÕES???


QUANDO
QUANDO
QUANDO
QUANDO
QUANDO
QUANDO
QUANDO
QUANDO
QUANDO
???

Inominável Ser
PERGUNTANDO
AO DRAGÃO
HOMEM