quarta-feira, janeiro 25, 2017

0

Nossa Tribo!


Imagem: Autoria Desconhecida


Nossa Tribo
Ainda Venera
O Primeiro Raio,
O Primeiro Trovão,
O Primeiro Vento,
A Primeira Água,
O Primeiro Sol
E A Primeira
União!

Nossa Tribo
Ainda Corre
Pelos Verdes
Campos Selvagens
Do Norte
Onde Reinamos,
Do Sul
Onde Repousamos,
Do Leste
Onde Aprendemos
E Do Oeste
Onde Guerreamos!

Nossa Tribo
Ainda Dança
Em Redor
Das Grandes Fogueiras
Que Representam
O Pai
Que Desce
A Chuva
E A Mãe
Que Dá
O Alimento!

Nossa Tribo
Ainda Canta
Nas Festas
Em Homenagem
Aos Senhores
Dos Nascimentos,
Aos Senhores
Da Passagem
E Aos Senhores
Dos Renascimentos!

Nossa Tribo
Ainda Caça
Guiada Pelas Vozes
Dos Grandes
Rios,
Dos Grandes
Campos,
Dos Grandes
Céus,
Dos Grandes
Mares
E Das Grandes
Matas!

Nossa Tribo
Ainda Vive,
Assobiamos
Em Nossa
Chegada,
Bradamos
Enquanto
Permanecemos
E Suavizamos
Em Nossa
Retirada!

Nossa Tribo!

Nossa Tribo!

Nossa Tribo!

AEÔ
OKÔUARÔ
TEUÔ
RÔUÔ
AKÔ
AKÔ
AKÔ
TÔÔRÔ
IPÔ
IPÔ
IPÔ


KAÔ
KAÔ
KAÔ

ÔKÔ
ÔKÔ
ÔKÔ

Inominável Ser
OUVINDO
OS PASSOS
DESTA
TRIBO




quarta-feira, janeiro 18, 2017

0

O Fogo E A Busca


Witch - Helga Hertz


Alado
Grande Fogo,
Entregue ao vôo
Que os Errantes
Dão ao longo
Das Estrelas
Da Eternidade.


As Luzes
Chamam
Para A Estrada
Que está sempre
Nascente.


As Luzes
Chamam
Para A Estrada
Que está sempre
Crescente.


As Luzes
Chamam
Para A Estrada
Que está sempre
Em Chamas.


E As Chamas
Possuem
Nomes.


E Os Nomes
Possuem
Meios.


E Os Meios
Possuem
Cortes.


E As Cortes
Dos Grandes Seres
Se Voltam
Para Onde
O Caminho
Dos Deuses
Que Ainda São
Abre-Se
Infinitamente.


Infinito
Fluxo.


Infinito
Rumo.


Infinito
Olhar.


Infinito
Lugar.


Infinito
Louvor.


Infinito
Poder.


Plural Poder
Que faz Despertar
As Imagens,
As Cósmicas
Imagens
De Um
Grande Realizar
Dentro
Da Estrada Invisível
No Labirinto
Do Todo
E Do Nada.


Fogo Inicial.


Fogo Ímpar.


Fogo Único.


Um
...


Um


Um


Um


Um


Um


Um


Um


Um


O Único
Buscado.


Inominável Ser
INOMINÁVEL
BUSCADOR
DO UM




quarta-feira, janeiro 11, 2017

0

O Cântico Da Desgraça Contemporânea


The Warmest Part - Dimitra Papadimitrou


Entre os Trapos
De nossas vestes
Que um dia foram
De Douradas Eras
Podemos reencontrar
As perdidas peças
De todas as relíquias
Que no Ontem
Nos eram guias.
Entre os Traços
De alguns dos livros
Que no
Tempo Antigo
Ensinavam
A Grande Verdade
Existencial
Lemos alguns
Dos rascunhos
Que dizem muito
De tudo que ainda
Nós realmente
Queremos.
Entre os Tempos
De onde retiramos
Todas as verdades
Da nossa História,
Fomos vendo atos
Que se desdobraram
Para uma descida
De cada um de nós
Ao Humano
Buraco
Onde
Encravamos
E
Entoamos
Cada
Cântico
De
Horror
Existencial
Nosso…
Cântico
Trazendo
Guerra.
Cântico
Trazendo
Treva.
Cântico
Trazendo
Miséria.
Cântico
Trazendo
Maldição.
Cântico
Trazendo
Desgraça.
Cântico
De Uma
Fogueira
Apagada.
Cântico
De Uma
Figueira
Arrasada.
Cântico
De Uma
Terra
Alagada.
Cântico
De Um
Monte
Afogado.
Podemos
Ouvi-Lo…
Podemos
Ouvi-Lo…
Podemos
Ouvi-Lo…
Podemos,
Sim,
Ouvir tal
Cântico Que Declara
A Extinta Marcha
De Nossa
Evolução,
Humanos,
Em Direção
Ao Alto!
NOSSA EXTINTA
MARCHA!!!
NOSSA EXTINTA
MARCHA!!!
NOSSA EXTINTA
MARCHA!!!
NOSSA EXTINTA
MARCHA!!!
NOSSA EXTINTA
MARCHA!!!
NOSSA EXTINTA
MARCHA!!!
NOSSA EXTINTA
MARCHA!!!
NOSSA EXTINTA
MARCHA!!!
NOSSA EXTINTA
MARCHA!!!
E ao fim
Nossa Barca
Está destroçada.

Inominável Ser
NA MARCHA
DESTE
CÂNTICO