A Terceira Estrada No Deserto


Gemini - Sakimichan


O Ar Molda
Novas Vozes
Que Ao
Caminhante No Deserto
Chegam Como
As Mensagens
De Novos Mundos
Cada Vez Mais
Profundos.

Os Silfos
Formulam Matemáticas
Que A Fala
Da Ortografia
Dos Verbos
Ainda A Serem
Feitos Verbos
Passam A Conjugar
Nas Variações
Do Ar
A Vibrar.

A Face
Cósmica
E A Face
Anti-Cósmica
Se Revelam.

O Sol
E O Anti-Sol
Brilham
No Mesmo
Horizonte.

A Lua
E A Anti-Lua
Erguem
Todas As
Marés.

A Estrela
E A Anti-Estrela
Gravitam
Em Redor Dos
Universos.

Os Versos
E Os Anti-Versos
Proferem
Novos Nomes Nas
Criações.

As Trevas
E As Luzes
Brilham
Em Todos Os
Vales.

As Águas
E Os Fogos
Viajam
Pelos Mesmos
Caminhos.

A Leveza
E O Peso
Abordam
O Mesmo
Espaço.

O Preenchido
E O Vazio
Inserem-Se
Dentro Do
Receptáculo.

A Música
E O Silêncio
São Ouvidos
Dentro Do
Cubículo.

A Aurora
E O Crepúsculo
Se Erguem
No Mesmo
Plano.

O Abismo
E O Alto
Vibram
No Mesmo
Altar.

O Tempo
E O Não-Tempo
Correm
Na Mesma
Realidade.

O Espaço
E O Não-Espaço
Compreendem
O Mesmo
Templo.

O Caminhante
No Deserto
E O Deserto
No Caminhante
Atuam
Perto
E Longe
Dos Princípios
E Lógicas
Dos Mistérios
Internos
Que Os Silfos
Dão Como
Resposta.

Na Estrada
De Gêmeos
Cada Passo
É Ascensão
Para O Primordial
Ar
Que O Caminhante
No Deserto
Deve Buscar
Para Saber
Verdadeiramente
Respirar.

Inominável Ser
EM TERRAS
DA ESTRADA
DE GÊMEOS




Comentários

Postagens mais visitadas