A Sétima Estrada No Deserto



 Libra - Sakimichan


O Caminhante No Deserto
Se Torna Uma Pluma
E É Pesado
Na Balança Existencial
Em Tudo Aquilo
No Qual Morreu,
No Qual Morre
E No Qual Morrerá.

Sem O Vacilo
Daqueles Que
Não Se Aniquilam
Para Verdadeiramente
Existir,
Ele Procura
Cada Vez Mais
Estar Em Sinfonias
Que Harmoniosamente
Ecoam No Grande
Ar.

Sete Danças
No Grande
Ar.

Ele Dança
Na Infinita Música
Tocada Pelos
Mestres Universais.

Sete Danças
Com Mestres
Universais.

Ele Dança
Na Infinita Música
Tocada Pelos
Astros Universais.

Sete Danças
Com Astros
Universais.

Ele Dança
Na Infinita Música
Tocada Pelos
Silêncios Universais.

Sete Danças
Com Silêncios
Universais.

Ele Se Torna,
Como A Pluma
Mais Leve
Do Deserto,
O Dançarino
Sobre A Corda
Acima Do Rio
Do Destino.

Dançarino
No Deserto
Que Sabe
Cair.

Cair
Sete
Vezes.

Dançarino
No Deserto
Que Sabe
Erguer-Se.

Erguer-Se
Sete
Vezes.

Dançarino
No Deserto
Que Nunca Erra
Seus Passos.

Nunca Errar
Sete
Vezes.

Dançarino
No Deserto
Que Sempre Está
Criando Novos Passos.

Sempre Criar
Sete
Vezes.

Aniquilado Dançarino
Que Encontra
O Mestre Libra
A Empunhar
A Grande Balança
Sobre O Grande Rio
Existencial
Executando A
Primeira Dança.

O Mestre Libra,
Dançando Com Ele
E Sabendo Que
Cada Passo
É Pesado Acima
Do Tempo
No Espaço
E Do Espaço
No Tempo.

Cada Passo
Da Dança
Existencial
É Fundamento
Que Equilibra
A Balança Eterna
Da Jornada
Daquele Que Marcha
Pelas Estradas
Do Deserto.

Na Estrada
De Libra
Cada Dança
É O Manifesto
Da Sublime Ascensão
Dos Libertos Que
O Caminhante No Deserto,
Também Sabendo
Dançar Para
Equilibrar-Se No
Retorno Ao Primeiro
De Todos Os Dançarinos,
Tem Que Aprender
Sem Deixar Esmorecer
A Energia Que Se
Respira
Dentro Do Palco
Da Verdadeira Vitória
Na Guerra Pelo
Verdadeiro Libertar
A Si Mesmo
Da Escravidão Que Ata
Todo Aquele Que
Não Sabe Dançar.

Inominável Ser
EM TERRAS
DA ESTRADA
DE LIBRA



Comentários

Postagens mais visitadas