A Décima Segunda Estrada No Deserto


Pisces - Sakimichan


Os Fatigados Pés
Do Caminhante No Deserto
Pisam Acima Das Águas
Do Grande Mar
Cósmico.

Os Dolorosos Pés
Do Caminhante No Deserto
Sentem As Ondas
De Cura Das Águas
Mais Buscadas.

Os Solitários Pés
Do Caminhante No Deserto
Mergulham Profundamente
Nos Abismos Do Mais
Almejado Dos Mares.

E No Fundo
Do Abismo
O Mestre Peixes
Toca Na Fronte
Do Andarilho.

E O Andarilho
Recebe Do
Mestre Mais Ungido
A Derradeira Onda
De Seu Destino.

E Este Destino
É Descrito Pelo
Eterno Tridente
Do Humilde Mestre
Do Grande Mar.

O Grande Mar
Que Festeja
A Chegada
De Mais Um
A Se Libertar.

O Grande Mar
Que Festeja
O Trono
De Mais Um
A Se Governar.

O Grande Mar
Que Louva
Os Pés
De Mais Um
Que Soube Caminhar.

Mas,
A Grande Estrada
Assim
Não
Acaba.

A Grande Estrada
É
Ainda
Mais
Longa.

A Grande Estrada
Está
Além
Do
Infinito.

A Grande Estrada
Anuncia
A
Única
Jornada.

Voltar Atrás
Para Enxugar
Todas As Lágrimas
Daqueles Que Choram
No Baixo?

Seguir Adiante
Em Direção
À Unidade
Para A Qual Tudo
Há De Retornar?

O Grande Mar
Se Cala.

As Águas
Se Caiam.

O Mestre Peixe
Se Cala.

Aquele Que
Caminhou No Deserto
Se Cala.

A Decisão
É No Silêncio
Tomada.

Na Estrada
De Peixes,
A Estrada Que
Finda
E Continua
A Única Caminhada,
O Caminhante No Deserto
Se Une Ao
Grande Silêncio
Que Ecoa Como
O Uno Mestre
Que Todo Aspirante
Ao Caminho Por Ele
Atravessado
Deve Ouvir Dentro
Das Eternas Águas
Do Encontro Com
A Verdadeira Alma.

Assim Caminham
Os Verdadeiros Seres
Do Grande Deserto
Ao Oásis Eterno.

Inominável Ser
EM TERRAS
DA ESTRADA
DE PEIXES




Comentários

Postagens mais visitadas