À Deusa Atena - Canto III


Athena - Tsaber


Entre campos onde
Meus inimigos estão
Totalmente vencidos
E os crânios de todos
Os guerreiros que eu fui
Estão amontoados,
Deusa Atena,
Me abençoe com Tua
Indestrutível Lança
Vencedora De Infinitas
Guerras.
Me mostre o que eu
Fui nas guerras
Passadas,
O que eu sou
Nas guerras
Presentes
E o que eu serei
Nas guerras
Futuras.
Me mostre para que
Eu possa Conhecer
E Conceber
As Grandes Guerras
Para as quais
Eu estou preparado.
Me mostre,
Senhora Guerreira
Que Governa
A Verdadeira Guerra,
O quanto eu posso
Ganhar
Ou perder
Em cada uma das guerras
Onde estarei
A derramar o meu
Próprio sangue.
Dá-me armas,
Dá-me escudos,
Dá-me estradas
Onde minhas batalhas
Inscrevam no Grande
Livro Da Eternidade
O meu Verdadeiro Nome
Como Aquele
Que Sempre Vence
Sem Querer O Vazio
Das Mundanas
Honrarias.
Pois,
Minha Amada
Deusa Atena,
A Verdadeira Honra
Está em alcançar
O Verdadeiro Prêmio
Da Existencialidade:
A Do Autoconhecimento
Libertador Das Prisões
Do Desconhecimento
Da Verdadeira Vontade.
Este é
O Único Prêmio
Almejado por este
Poético Inominável
Guerreiro,
Atena Das Altas
Armas.
O Derradeiro Prêmio,
Atena
Da Una Arma.




Comentários

Postagens mais visitadas