Lá Vai Oxumarê No Arco-Íris Da Criação!



Olhei para
O Arco-Íris
E lá estava
Oxumarê,
Seis Vezes
Pai,
Seis Vezes
Mãe,
A Dançar
Em Cada
Cor!

Chamei
O Arco-Íris
E lá estava
Oxumarê,
Com Sua Serpente
A Sibilar
E A Se Enroscar
Nos Palácios
Universais!

Abracei
O Arco-Íris
E lá estava
Oxumarê,
Fazendo cada sol
A tudo aquecer,
Fazendo novos sóis
Para tudo colorir,
Sendo O Sol
Que Viaja
Sem Fim!

Beijei
O Arco-Íris
E lá estava
Oxumarê,
Com A Face
De Muitas
Cores,
Com A Face
De Todas
As Cores,
Para
O Norte,
Para
O Sul,
Para
O Centro,
Para
O Leste,
Para
O Oeste!

E Oxumarê
No Arco-Íris
Me Beijou!

E Oxumarê
No Arco-Íris
Me Abraçou!

E Oxumarê
No Arco-Íris
Me Chamou!

E Oxumarê
No Arco-Íris
Olhou Para
A Minha
Alma!

Me Tornei
Seis Vezes
Arco-Íris!

Me Tornei
Seis Vezes
Serpente!

Me Tornei
Seis Vezes
Oxumarê!

ARÔ BOBOI!!!

ARÔ BOBOI!!!

ARÔ BOBOI!!!

ARÔ BOBOI!!!

ARÔ BOBOI!!!

ARÔ BOBOI!!!

ARÔ BOBOI!!!

ARÔ BOBOI!!!

ARÔ BOBOI!!!

Inominável Ser
NO ARCO-ÍRIS
COM
OXUMARÊ





Comentários

Postagens mais visitadas