Nadando Pelo Rio Da Infertilidade

Photo by Engin Akyurt

Cada Ser Humano
É o infértil
Dominante de cada
Tentativa de
Encontrar nascedouros
De grandes horizontes.

Cada Ser Humano
É o infértil
Buscador de raízes
De natimortas
Plantas por toda
Realidade.

Cada Ser Humano
É o infértil
Conhecedor irrealizado
Dos existenciais
Atos eternos
De sua própria
Degeneração.

Cada Ser Humano
É o infértil
Espelho do que
Deu errado
Na Cósmica Versão
Da História
Universal
De suas
Existências.

Cada Ser Humano
É o infértil
Habitante infecto
De um mundo
Que está
Sendo afogado
Na mesma
Infertilidade
Existencial.

O Infértil
Homem,
A Infértil
Mulher:
Procriando
E gerando
Outros inférteis
Vermes.

O Infértil
Homem,
A Infértil
Mulher:
Procriando
E vomitando
Outras inférteis
Desgraças.

O Infértil
Homem,
A Infértil
Mulher:
Procriando
E vagando
Outras inférteis
Nulidades.

O que hoje
É fértil,
Infértil
Humanidade?

A Deusa Desgraça
Que
Nos Afoga.

O que hoje
Traz
A fertilidade,
Infértil
Humanidade?

A Deusa Desgraça
Que
Nos Estrangula.

O que hoje
Nos abençoa
Com intensa
Fertilidade,
Infértil
Humanidade?

A Deusa Desgraça
Que
Nos Estraçalha.

A Deusa
Que Nos
Enche
De Desgraças.

A Deusa
Que Nos
Presenteia
Com Desgraças.

A Deusa
Que Nos
Consagra
Com Desgraças.

A Deusa
Que Nos
Solidifica
Com Desgraças.

A Deusa
Que Nos
Vaporiza
Com Desgraças.

A Deusa
Que Nos
Liquidifica
Com Desgraças.

A Deusa
Deste Rio,
O Rio
Que nasce
Da nossa
Infertilidade,
Desgraçada
Infértil
Humanidade.

Inominável Ser
INFÉRTIL
NADADOR
DESTE RIO




Comentários

Postagens mais visitadas