Nadando Pelo Rio Da Mortandade

Photo by Engin Akyurt

Vejam
O Nadar Dos Cadáveres,
Vejam
As Marés Dos Cadáveres,
Vejam
A Nós Mesmos
Como Esses
Nadantes Cadáveres.

Cada Um
De Nossos Braços
Vai Sendo
Arrancado
Pelos Tubarões
Da Realidade.

Cada Uma
De Nossas Pernas
Vai Sendo
Devorada
Pelos Cardumes
Da Decadência.

Competimos
Afogados
Pelo Melhor Lugar
Entre Os
Eternos Cadáveres
Do Humano Mar.

Competimos
Afogados
Pelo Maior Altar
Entre Os
Tenebrosos Cemitérios
Da Humana Embarcação.

Competimos
Afogados
Pelo Único Recinto
Entre Os
Estrondosos Ossos
Da Humana Civilização.

Vejam
Melhor Ainda
A Morte
De Nossas
Estruturas.

Vejam
Muito Melhor
Ainda
A Morte
De Nossas
Essências.

Vejam
Indefinível
A Morte
De Nossas
Esperanças.

Vejam
Inescapável
A Morte
De Nossa
Paz.

Vejam
Consciente
A Morte
De Nossa
Harmonia.

Vejam
Corrompedora
A Morte
De Nossa
Alma.

Vejam
Espetacular
A Morte
De Nossos
Deuses.

Vejam
Fenomenal
A Morte
De Nossos
Demônios.

Afogados
E
Mortos
Produzimos
O Alimento
Dos Ceifadores
Nas Densas
Águas.

Afogados
E
Mortos
Somos
A Carne
Preferida
Dos Sugadores
Nas Enevoadas
Águas.

Afogados
E
Mortos
Somos
A Refeição
Principal
Dos Predadores
Nas Mortas
Águas.

Afogadas
Titanides
Decrépitas.

Afogados
Titãs
Impotentes.

Afogados
Mortais
Bebendo
Das Mãos
Da Deusa Morte
A Reveladora
Água Absoluta
Da Verdade
Afogada
Em Toda
A Nossa
História.

Nossa História
Como
Assassinos.

Nossa História
Como
Assassinados.

Nossa História
Como
Afogados.

Inominável Ser
CADAVÉRICO
NADADOR
DESTE RIO




Comentários

Postagens mais visitadas